terça-feira, 13 de outubro de 2009

SEM TITULO


Tinha nos olhos azuis
toda a perfeição do universo.
Vestia cabelos loiros
onde só os botões rosa
dos seus seios
espreitavam por estreitas frestas.
O quadro era perfeito
como o desejo despertado.

8 comentários:

Ana Camarra disse...

Pronto! As ouras de olhos azuis....

:)

Lídia Borges disse...

Uma tela bem pintada com belas palavras em tons suaves...

Um beijo

L.B.

Regina disse...

Olá meu novo amigo.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
Espero que tenhas gostado.
Seu poema, um puro doce.
Adorei....
Beijinhos e uma semana de muita paz, amor e luz.
Regina coeli.

paula barros disse...

Deu para imaginar a cena e o desejo despertado.

Um poema pequeno em palavras, enorme no que transmite.

abraços

Layara disse...

...pode ser olhos negros? rsssss...pois...

Intensas Palavras, sentidas, imaginadas, sonhadas, ah! essas tantas possibilidades que as palavras nos dão de escrever a imaginação, os amores, os desejos...

Beijos de Luz! [violeta]

[aqui chove, tempo morno, sensação de sossego e paz no Horizonte]

mundo azul disse...

_________________________________


...que lindo! Sua poesia criou uma imagem encantada...


Beijos de luz e obrigada pelo comentário tão bonito que deixou no Mundo Azul!

_________________________________

Rosele disse...

Que bela pintura pude ver...
Abraços!! =D

Deusa Odoyá disse...

Meu lindo!!!
Um poema doce cuja imagem nos passa muita paz.
Uma semana de muitas bençãos.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.