sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A POESIA, O POEMA E O AMOR


Não inventes a poesia
não inventes o amor
o amor como a poesia
não se inventam
porque existem.
Mexe, remexe
procura nas palavras,
deita fora as que não te servirem
mas as outras,
as que ficarem
junta-as com cuidado
nelas encontrarás o poema,
com o poema
encontrarás o amor

1 comentário:

Layara disse...

...palavras
são possibilidades
poemas sentimentos
amor?

Sentimentos possiveis de serem trasformados em palavras falando da Poesia existente no Amor.

Beijo de Luz! e ótimo fim de semana!

[gosto da forma que escreves, um dia falamos sobre significado e significante]