sábado, 24 de outubro de 2009

AOS POUCOS



Lentamente
levantamos nossas mãos
cruzando gestos
e aos poucos
semeamos nossa roupa
pelo chão.
Juntando nossas bocas
trocamos
nossos braços
e de corpos enlaçados
fomos um.

3 comentários:

Layara disse...

...o amor une e encaixa
não sobra vãos, corpos e almas assim unem-se...

Lindas Letras, unidas e encaixadas.

beijo de muita Luz!

Lídia Borges disse...

Os gestos nos trilhos do amor... O amor à solta nos gestos.


Muito bonito.


L.B.

Layara disse...

...bjos lilases!