terça-feira, 24 de novembro de 2009

AUSÊNCIA





Nos meus dias
és a ausência
dos momementos
que passo assim,
os meus dias vazios de ti.
E o ruído
do teu silêncio
é um grito enorme
ouvido dentro de mim
quando na ausência
segredo sozinho
ao teu nome
todos os desejos
calados
que guardo de ti.
E quando te imagino
no meu mais secreto
desejo
nesse sorriso proíbido
de um amor bandido,
rasgo meu peito que chora
e de joelhos, rendido
me pergunto.
Agora e agora?


20 comentários:

Layara disse...

...hummmm... o que posso dizer-te
quase dá vontade de responder...

...entre os sonhos acordados um acordo entre o silencio e grito calado.
Nada falo
se calas
um beijo
gritando
desejos.

Muita Luz!

[isso ficou muito sensual, gostei imenso]

Rosele disse...

Lindo!
Ter quem se ama silenciando-se é como um grito histérico, um ruído ensurdecedor que leva à loucura!

Layara disse...

...na ausencia e na distancia...
pra marcar o espaço vazio...

Um beijo!

ótimo dia!


Muita Luz!

Layara disse...

...todas as cores
todas os sonhos
todas as alegrias
dias de sol
noites cintilantes
manhã de chuva
madrugada fria

brilho nos olhos
e sorriso nos labios...

desejo a ti, tudo o que te fizer feliz!

Muita Luz em teu caminho!

[parece que o inverno está congelante, assim deve ser, e a beleza que vejo no inverno é que ficamos aconchegados em nós]

Ana Camarra disse...

Agora?!
Agora vais ver que regressa

Beijos

Ana Camarra disse...

Akhen

Não visitas blogues de doentes?

Lídia Borges disse...

...E agora?
os meus olhos mergulham
Num mar de inquietação
De tanto querer, não quero
De tanto sonhar, já vivi
Este sonho tão incerto
Que lavro, longe de ti...

Lídia Borges

Um beijo

Layara disse...

...a dor infinda de nao saber se estás la fora...
onde estás
com quem estás...

Saber lá fora, onde estás, onde estás
Com quem estás agora, agora

A noite está tão fria
Chove lá fora...

[quando nos abraçamos sentimos o outro em nós no abraço que nos damos]


Muita Luz!

e junto inspiração...rssss...lógico.

Deusa Odoyá disse...

Meu querido amigo.
A ausência é uma dor que não apaga os sentimentos de uma alma.
São sentimentos de coisas que muito nos foram cara, mas que nos trouxeram muita dor e nos fizeram chorar a falta do ser amado.
A ausência do ser amado quando é real e sincera e principalmente quando simplismente toma conta do nosso coração, supera até mesmo a razão.
Meu lindo, que essa ausência seja apenas sentida nos poemas que escreves.
Uma semana de muitas glórias e paz.
Beijinhos doces, meu lindo amigo.
Regina Coeli.

Layara disse...

...Bom dia!

estive lendo o outro recanto, deixei la comentários.

beijo!

Luciana Klopper disse...

Akhen, como é bom poder começar o dia assim com tanto sentimento!!
Lindo demais

Su disse...

Quando a ausência nos faz sofrer tanto e toma toda a nossa vida, é hora de pensar em nós mesmos!

Bjos!

Patrícia disse...

Lindíssimo blog, Akhen!
Voltarei sempre para conferir palavras tão bonitas que tocam nossa alma.
Parabéns!
Abraços,
Patrícia

Layara disse...

...um beijo nessa ausencia
nesse tempo de ausencia
os minutos ficam presos
entre os dedos...

bom dia e ótima semana com tudo de bom que desejares.

Luz em teu caminho, viajante do tempo.

Layara disse...

,,,gostei imenso...

escrevi algo sobre o Tempo vou postar logo mais na correria do meu tempo, as vezes acho tempo pra falar do tempo.

e gostei mesmo do tempo que dispensou a escrever sobre o tempo, rsssss...redundante eu sei,mas o tempo é mesmo assim traz sempre assuntos que percebemos são assuntos que falam do tempo, do tempo do Amor.

Beijo!

Su disse...

Olá, passei para agradecer a visita!

bjosss!

Rafael Castellar das Neves disse...

Humm....momento complicado, hein? Esse "e agora?" trava mesmo...muito bem colocado, gostei!

Rafael

Layara disse...

...e agora?

bom agora sabemos do agora.

beijo e obrigada

Luz e Paz!

Encanto do Amar disse...

Ausencia faz brotar palavras de saudades e palavras de saudades falam sempre de ausencias

Segredos guardados nos desejos.

bjo!

Ianê Mello disse...

Agora, meu amigo, viva!

Paz e luz em teu caminho.