segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

DIAS DE CARNAVAL


A vida são dois dias,
o Carnaval são três
e eu
não te queria na vida
comigo,
por um dia.
A vida são dois dias,
o Carnaval são três
e eu
não te queria na cama
comigo,
por uma noite.
A Vida são dois dias,
o Carnaval são três!
Ironicamente
não quiseste gastar
comigo
a noite e o dia
que te restavam
para viver.
Resta-me o terceiro dia,
de Carnaval,
que viverei,
talvez sozinho,
mas não contigo.

2 comentários:

Lídia Borges disse...

Interessante esta perspectiva da transitoriedade de todas as coisas e como nos iludimos resistindo ao "carnaval".

Um beijo

Layara disse...

...A vida igual ao carnaval dias de festa e mascaras e fantasias...

Poeta, Amar em dois dias, ou na fantasia de tres dias, mas sempre amar...


(palavras sentidas Poeta...mensagens guardadas na gaveta, diria.)

Beijos Liláses, igual a tantos de luzes, deve ser assim.

ótimo descanso.